Análise

Como incentivar a análise e interpretação de dados

Os processos de análise e interpretação de dados estão entre os mais importantes no cenário atual. Isso porque a quantidade de informações disponíveis é muito grande. E é preciso saber como, em meio a isso tudo, gerar conhecimento para a produção de insights acionáveis e tomada de decisões ágeis.

É comum as empresas contarem com diversas fontes de dados. Além disso, as informações são captadas nos mais variados formatos, desde arquivos fechados até planilhas de Excel. Sem análise e interpretação de dados, o conteúdo é visto somente como números, não ganhando a utilidade adequada para um negócio.

Sendo assim, é importante que todos os níveis de uma empresa tenham ciência da importância de contar com a análise e interpretação de dados. Desta forma, garante-se a obtenção de informações valiosas e que farão a diferença para o sucesso da organização.

Saiba o que, afinal, são os processos de análise e interpretação de dados e os benefícios que eles oferecem à empresa. Conheça também os principais métodos usados para colocar estas atividades em prática.

O que é análise e interpretação de dados?

A análise de dados costuma ser conectada aos objetivos e à natureza da empresa. Para que as informações ganhem ainda mais significado, é essencial realizar a sua interpretação. Esta consiste na realização de diversos processos com foco em obter insights e reconhecer padrões e comportamentos emergentes.

Logo, a análise e interpretação de dados refere-se à implementação de uma série de processos, na qual as informações são revisadas para se chegar a uma conclusão.

As etapas do gerenciamento de dados têm como objetivo ajudar as pessoas a entender os dados numéricos que foram coletados, organizados e disponibilizados. Com o resultado final, é possível melhorar processos, identificar dores e buscar o crescimento do negócio.

Mas afinal, por que é importante realizar a análise e interpretação de dados? Descubra:

Quais são os benefícios que a análise e interpretação de dados oferecem às empresas?

1 – Tomada de decisão informada

A tomada de decisões com base em dados analisados e interpretados aumenta suas chances de sucesso. Isso porque as informações transmitem com clareza o cenário atual, permitindo a criação de metas realistas.

Tal atividade tende a ser um processo cíclico. Ou seja, podem surgir novas questões e condições que precisam ser estudadas mais a fundo. Para, assim, dar o próximo passo.

2 – Identificação de tendências

As informações obtidas através da análise e interpretação de dados têm a capacidade de definir tendências. Analisando, por exemplo, as vendas dos seus produtos; a empresa consegue identificar lançamentos que poderão ter uma boa aceitação junto aos clientes.

Esse resultado não é benéfico apenas para o negócio que vende o produto. Mas também para os fornecedores, que saberão do aumento da demanda da matéria-prima.

3 – Eficiência de custos

A implementação adequada dos processos de análise e interpretação de dados pode fornecer às empresas maior eficiência de custos. Os resultados finais devem alertar sobre a necessidade de reduzir ou aumentar investimentos para uma saúde financeira positiva.

A análise pode, por exemplo, demonstrar que, ao invés de contar com profissionais para realizar diversos testes em um produto específico, é possível fazer um único teste mais aprofundado. Isso leva à otimização de recursos, o que poderia elevar ainda mais a escala de produção e, consequentemente, o faturamento.

4 – Previsão clara

As empresas que coletam e analisam seus dados obtêm maior conhecimento sobre si mesmas, seus processos e desempenho. Logo, conseguem identificar desafios e adotar rapidamente medidas para superá-los.

Os principais métodos de análise e interpretação de dados

Há dois principais métodos para as empresas realizarem a análise e interpretação de dados. São eles:

1 – Análise qualitativa

Na análise qualitativa, os dados não são descritos por valores ou padrões numéricos, mas através de contextos. Geralmente, as informações são coletadas por meio de diversas técnicas e facilitam a geração de insights.

Um dos diferenciais desse método é que as descobertas são agrupadas em tópicos e categorias. Desta forma, identifica frequências, médias e níveis de diferença entre os dados.

O relatório criado a partir de uma análise qualitativa tende a ser de mais fácil compreensão pelo usuário leigo.

2 – Análise quantitativa

Se a análise qualitativa pode ser resumida como “contextual”, a quantitativa é “numérica”. Ela consiste em uma série de processos que disponibilizam dados numéricos para serem analisados. Aqui, as empresas obtêm os insights através de:

  • Modelagem estatística;
  • Desvio padrão;
  • Média;
  • Mediana.

Esse método tem como objetivo identificar temas e padrões, e não gerar análise minuciosa sobre determinado assunto.

Como a Abyt Holder pode auxiliar na realização da análise e interpretação de dados?

Apesar de serem comprovados os benefícios dos processos de análise e interpretação de dados, nem todas as empresas estão aptas a realizá-los. Seja porque não possuem profissionais capacitados ou porque não contam com as ferramentas mais adequadas.

Nesse cenário, a consultoria da Abyt Holder surge como a melhor opção. A empresa pode auxiliar desde a escolha da ferramenta para a interpretação correta dos dados até o treinamento das equipes.

A capacitação do time atua com a chamada “alfabetização de dados”, que consiste na habilidade de ler, trabalhar, analisar e argumentar com base em informações. Ela é essencial,e a Abyt Holder pode incorporar essa cultura em todos os níveis empresariais.

Quanto à ferramenta, toda a parte de análise e interpretação de dados pode ir por água abaixo caso a tecnologia seja inadequada. Isso porque é importante que o processo seja eficiente do começo ao fim. Ou seja, caso a captação dos dados seja incompleta, não é possível interpretar o cenário integralmente, bem como gerar insights consistentes.

Logo, a consultoria da Abyt Holder auxilia as empresas a realizarem processos mais adequados e, com isso, terem chances maiores de obter vantagem competitiva.